Idioma Equivalências Métodos de Avaliação Vagas Valor da Bolsa
Inglês

Tópicos de Engenharia Biomédica 

Métodos de Imagem Médica

Opção I 

Bloco Livre 

Opção II 

Apresentações orais,

projetos, testes escritos e exame final.

2
340€/mês

Francisca Manoel

Aluna de Engenharia Biomédica | 4º ano

Entrevista feita no dia 30 de Maio de 2020

Ano de Erasmus: 1º semestre, 4ºano (2019)

Localização: É no 6º distrito (arrondissement) da Île-de-France, ou seja, mesmo no centro do centro de Paris. A única coisa da qual não é perto é a Disney Land e mesmo assim é uma viagem de aproximadamente 1h de comboio.

Equivalências: Tive equivalências a 3 cadeiras de 4.º ano e a duas de 5.º o que foi bom, porque compensou o número de cadeiras e não fiquei com nenhuma a mais para fazer quando voltasse. A única coisa chata é a diferença de créditos. Como lá as cadeiras valem 4 créditos e cá valem 6, fui obrigada pela FCT a fazer uma cadeira extra(*) lá só para que a diferença total dos créditos não fosse superior a 3 (acabei por fazer 24 créditos lá para ter equivalência a 27 cá).

  • Tópicos de Engenharia Biomédica / Biological modelling and dynamical systems
  • Métodos de Imagem Médica / Physics for bioimaging
  • Opção I (4ºano, 1º semestre) / Applied Mathematics for biological systems
  • Opção II (5ºano, 1º semestre) / Anatomy and physiology for engineers
  • Bloco Livre (5ºano, 1º semestre) / Computer Programming with JAVA and Python
  • Opção II (5º ano, 1º semestre) / From molecular to cellular and tissue biology (*) -cadeira extra

Idioma das aulas: Todas as aulas são dadas em Inglês.

Método de avaliação: Biological modelling and dynamical systems foi avaliada através de um exame e entrega de trabalhos ao longo do semestre. Physics for bioimaging era o desenvolvimento de um projeto final. Applied Mathematics for biological systems foi avaliada por um teste durante o semestre e um projeto final. Noutra cadeira, realizei um teste de Anatomia e outro de Fisiologia durante o semestre. Em programação, fiz 3 testes ao longo de um semestre e um projeto final. E a na cadeira extra, realizei somente um exame final.

 

Reputação: É uma das universidades da Sorbonne, o que é muito bem visto tanto a nível nacional como internacional.

Vagas: 2 vagas.

Área de foco do mestrado: Tem várias áreas entre as quais os alunos podem tentar ingressar no 2.º ano do mestrado: bioengineering and innovation in neuroscience, bioimaging, biomaterials and biodevices, biomechanics, molecular and cellular biotherapies.

Valor da bolsa: 1500€ aproximadamente mas este valor varia de ano para ano e depende de muitas variáveis, nomeadamente da quantidade de alunos que vai fazer Erasmus no semestre em questão bem como o país para onde o aluno vai, e ainda o tempo que lá fica.

Preço alojamento: 620€/mês por quarto + wc individuais.

Orçamento mensal em alimentação: Depende muito da pessoa e do seu estilo de vida.

Pontos de interesse: Demasiados para listar aqui. Paris é uma cidade onde uma pessoa nunca se aborrece e nunca lhe faltam coisas para fazer e descobrir.

Acolhimento: Fui muito bem acolhida, fiz amigos para a vida tanto na universidade como na residência.

Experiência (outros comentários): É mega cliché e toda a gente o diz, mas é mesmo assim: adorei a minha experiência de Erasmus e não a trocava por nada. Apesar de isto, achei que a minha universidade de acolhimento tinha uma qualidade de ensino e organização inferior à da FCT. Esse foi o único aspeto negativo, porque tudo o resto foi fantástico. Tanto os meus colegas da universidade como da residência, os passeios que fiz, a cultura, arte, locais, edifícios que fiquei a conhecer…Foi incrível. Mesmo sabendo o que sei hoje, voltava a repetir.

Mª Teresa Gomes

Aluno de Engenharia Biomédica | 4º ano

Entrevista feita no dia 29 de Maio de 2020

Ano de Erasmus: 4ºano, 1º semestre (Setembro 2018).

Localização: A Universidade é super central, pertíssimo de imensas atrações turísticas.

Equivalências: 

  • Tópicos de Engenharia Biomédica / Medicine and Science
  • Métodos de Imagem Médica / Physics for bioimaging
  • Opção I (4ºano, 1º semestre) / Life chemistry
  • Opção II (5ºano, 1º semestre) / Anatomy and Physiology 
  • Bloco Livre B (5ºano, 1º semestre) / Molecular, cell, tissue biology (level 1)

Idioma das aulas: As aulas foram todas lecionadas em inglês.

Método de avaliação: Medicine and Science foi avaliada por apresentações orais bisemanais. Physics for bioimaging consistiu num projeto. Em Life chemistry realizei um exame final. Anatomy and Phisioloy fiz um testes e um projeto. Molecular, cell, tissue biology foi avaliada através de um Exame final + Projeto.

Reputação: O Mestrado em Engenharia Biomédica na Université Paris Descartes é relativamente recente, no entanto a Universidade é considerada uma das melhores no mundo em áreas como Medicina, Anatomia e Fisiologia.

Vagas: 2 vagas.

Área de foco do mestrado: Engenharia Biomédica.

Valor da bolsa: 285€ por mês.

Preço alojamento: 622€ por mês.

Orçamento mensal em alimentação: 120€.

Pontos de interesse: Torre Eiffel, Museu do Louvre, Catedral Notre-Dame de Paris, Arco do Triunfo, Champs-Élysées, Sacré Coeur, Montmartre, Palácio de Versalhes, Museu de Orsay, Jardin des Tuileries, Jardin du Luxembourg, Moulin Rouge, Centro Georges Pompidou, Champ de Mars, Palais Royal, Ponte Alexandre III, Parc Astérix e Disneyland Paris (obviamente‼).

Acolhimento: Vamos ser sinceros, o povo Francês não é o mais acolhedor e afável… No entanto, o acolhimento na faculdade foi muito bom. O mestrado onde somos inseridos (BME Paris) é um mestrado internacional, portanto existem alunos de todos os países, incluindo de França, obviamente. Todos os colegas foram amáveis, simpáticos e bastante sociáveis durante toda a experiência. No que toca aos colegas franceses em especial, sempre se mostraram disponíveis para nos indicar e mostrar os melhores pontos de interesse na cidade (até “pérolas escondidas” que poucos conhecem), cafés, restaurantes, etc.

Experiência (outros comentários): A quem tem interesse em fazer Erasmus em Paris, aconselho vivamente a ficaram na Maison du Portugal. Em Paris, existe uma espécie de “campus” onde se encontram residências de diversos países, incluindo uma de Portugal (a Maison du Portugal – André de Gouveia). Aqui encontram-se alojados imensos estudantes portugueses, o que facilita imenso a integração na cidade, e até mesmo a criação de novas amizades. O ambiente é incrível e foi um dos pontos fortes da minha experiência de Erasmus! Criámos um grupo super dinâmico, divertido e próximo entre as pessoas “do meu piso” e isto foi fulcral para ultrapassar as saudades de casa.