"O IPO afirma-se na criação de valor através de políticas de sustentabilidade, eficiência e reconhecimento externo"

Localização: Lisboa, junto à Estação de Sete Rios

Missão: Prestação de cuidados de saúde de excelência em todos os domínios de intervenção, promoção e contributo para o ensino pré e pós-graduado e incentivo à investigação, pautando-se por princípios científicos, de humanização, motivação e pertença para os cidadãos e profissionais.

Áreas de Atuação: Anatomia Patológica, Anestesiologia, Atendimento Não Programado, Bloco Operatório, Cardiologia, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica e Reconstrutiva, Clínica de Dor, Clínica de Mieloma, Clínica de Risco Familiar, Clinica Multidisciplinar da Mama, Consulta de Estomaterapia, Consulta de Feridas, Cuidados Intensivos e Intermédios, Cuidados Paliativos, Dermatologia, Endocrinologia, Estomatologia, Gastrenterologia, Ginecologia, Hematologia, Hospital de Dia de Quimioterapia e Hematooncologia, Imunohemoterapia, Medicina Física e Reabilitação, Medicina Nuclear, Neurologia, Oftalmologia, Oncologia Médica, Otorrinolaringologia(ORL), Patologia Clínica, Pediatria, Pneumologia, Psicologia, Psiquiatria, Radiologia, Radioterapia, Serviço Farmacêutico, Serviço Social, Unidade de Nutrição e Dietética, Unidade de Transplante de Medula, Urologia

Equipa: +2000 profissionais, desde médicos, enfermeiros, investigadores, administradores hospitalares, dirigentes, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, técnicos superiores de saúde e do regime geral, assistentes técnicos e assistentes operacionais que desempenham diferentes funções nas unidades de prestação de cuidados de saúde e nos serviços administrativos

Projetos: O Centro de Investigação (CI) do IPO Lisboa, promove o desenvolvimento de atividades de investigação básica, clínica e translacional em áreas prioritárias da oncologia, estimulando a colaboração entre os vários serviços do IPO e entidades congéneres e académicas nacionais e internacionais. Possui cinco áreas investigação: Unidade de Investigação em Patobiologia Molecular, Unidade de Estudos de Filosofia da Medicina, Unidade de Investigação em Epidemiologia, Unidade de Investigação em Enfermagem, Unidade de Investigação Clínica. Em 2019 foram realizados 307 projetos de investigação, 236 estudos observacionais, 71 ensaios clínicos e 192 artigos científicos. Conhece todos os projetos de investigação em progresso no IPO.

Os nossos estagiários

Rita Colaço

Estágio PIPP Realizado em 2020

Duração do estágio: 2 semanas

No que consistiu o estágio? Tiveste que desenvolver algo ou tratou-se de um estágio de carácter observacional?

O estágio que realizei no Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, esteve sob a orientação do Eng. José Afonso, especialista em Física Médica, responsável pela manutenção do equipamento e infraestruturas e pela radiosegurança do Serviço de Radiologia do IPO Lisboa. O estágio englobou três áreas distintas: clínica, onde compreendi como são realizados os diferentes tipos de exames pelos técnicos responsáveis; técnica, onde tive oportunidade de, pela primeira vez, estabelecer um contacto direto com os equipamentos e infraestruturas utilizados neste tipo de serviço; por fim, acompanhei também o trabalho e as tarefas pelas quais um engenheiro de física médica é responsável, no meio hospitalar, o que era um dos meus principais objetivos com a realização do presente estágio curricular.

O estágio realizado foi ao encontro das tuas espectativas?

O estágio teve um carácter exclusivamente observacional, uma vez que decorreu numa instituição que presta serviços de saúde e apresenta um contacto direto com a população, do qual se espera uma resposta rápida e o mais exata possível, com o máximo rigor. Deste modo, tornou-se complicado contribuir com algum tipo de serviço prestado por mim, dado o meu grau de conhecimento académico e formação da altura. Olhando para trás, agora talvez escolhesse um estágio mais prático que me proporcionasse outro tipo de capacidades. Contudo, para um primeiro contacto com o mundo profissional, foi bastante positivo e tive oportunidade de desenvolver conceitos abordados em UC posteriores, como Física Atómica e Molecular e Métodos de Imagem Médica.

Catarina Andrade

Estágio PIPP Realizado em 2020

Duração do estágio: 2 semanas

No que consistiu o estágio? Tiveste que desenvolver algo ou tratou-se de um estágio de carácter observacional?

O meu estágio realizou-se no IPO de Lisboa no serviço de radioterapia e foi inteiramente de observação. Neste estágio tive a oportunidade de acompanhar o dia a dia de um físico neste serviço, no que toca ao planeamento dos tratamentos de cada doente. Neste planeamento os engenheiros determinam a intensidade da radiação a usar bem como a posição em que se deve colocar o doente para receber essa radiação. Pude ainda assistir à reparação de avarias que foram ocorrendo nos aceleradores lineares que são os equipamentos usados para irradiar os pacientes. Numa vertente mais prática tive contacto com a TAC 3D e assisti a alguns tratamentos realizados no bloco operatório, chamados braquiterapia. Estes tratamentos são usados principalmente no tratamento de cancro no colo do útero e da próstata. 

O estágio realizado foi ao encontro das tuas espectativas?

Devido à natureza observacional do estágio não tive possibilidade de deixar um contributo à instituição, porém considero que foi uma experiência extremamente enriquecedora na qual aprendi imenso sobre radiações e equipamentos médicos que são utilizados no tratamento do cancro. Foi-me ainda possível compreender melhor como decorre todo o processo de tratamento dos doentes na radioterapia bem como qual o trabalho desempenhado por cada membro das diversas equipas e a importância de uma boa comunicação entre os diversos profissionais de forma a garantir ao paciente o melhor tratamento possível.